A parte 2 do Guia da Copa Lily Parr. Curiosidades, os clássicos, os times que podem ser campeões, as zueras. Tudo aqui.

[PAUSA NA ZUERA]
É sempre bom lembrar que a Copa Trifon Ivanov é um torneio amador de caráter amistoso. Feito de amigos, para amigos. A Trifon é um campeonato mais sobre pessoas do que sobre futebol. Vamos lá nos divertir, brincar e brindar.

Deve ser um dia cheio de emoções, sim. Mas todas positivas. Por isso pedimos para que vocês deixem de lado questões pessoais e truculências em quadra, para que nada possa intervir no bom andamento da competição. É um dia que deve ser tratado como se fosse o dia do seu aniversário, portanto não seria legal estragar esse dia, não é mesmo?

Então vamos manter a paz, a amizade e curtir essa grande festa que é a Copa Trifon Ivanov!
[VOLTA DA ZUERA]

Quem vai jogar novamente ao lado das amiguinhas

Melissa Oliveira e Renata Furacão, dessa vez no Topttenham, já jogaram pelo Barra Juniors. Bruna Oliveira e Nat Lou jogaram pelo Bayern do Tigrão e jogam juntas pelo Deportivo ForaCuña agora. Tamiris Cunha e Estela Ramos jogaram pelo Athletic Bilbo e agora jogarão pelo Vancouver Thundercats. Carla Matos, campeã pelo Joventus Rural com a Bel, jogará novamente com ela agora pelo Paris Saint Germona. Mariana Fedrizzi e Meiriele Santiago jogaram pelo Bayern do Tigrão e agora jogarão pelo Toloca. Camilla Barotti e Elaine Gazignato jogaram pelo Real Metrô e agora jogarão pelo Charmandester. Vanessa Vesterlon e Renata Damasio jogaram pelo Frozenborg e jogarão juntas pelo Biiirlmingham. Carolina Perla e Bruna Melo jogaram pelo Starwarsenal e agora jogarão pelo OITNB. Andressa Paiva e Mayra Siqueira, que já jogaram pelo Frozenborg, agora jogam pelo Grifineuer. Nati Brito e Ju Tersi jogarão juntas novamente pelo Carreta Huracan. Nayara e Carol Ribeiro jogaram pelo Athletic Bilbo e agora jogarão pelo Toloca. Anna e Sara jogaram pelo Pokemonaco com a Ju Tersi e jogarão de novo pelo Carreta Huracan.

As goleiras

Roberta RamosTopttenham – Roberta, que já jogou pelo Zona Norttenham em outra edição da Trifon, vem com a experiência de outras copas para fechar o gol TOP do Topttenham!

Violeta BafileDeportivo ForaCuña – Violeta fará até mudanças na constituição para conseguir fechar o gol do Deportivo! Diz também que não vai ter GOL(pe).

Adriana MarottiVancouver Thundercats – junto com Amandinha, a goleira que mais disputou Trifons até agora, Dri vem fechar o gol do Vancouver já consagrada com pênalti defendido na edição passada.

Carla MatosParis Saint Germona – campeã com o Joventus Rural e vencedora de um Troféu Individual de goleira menos vazada, Carla vem brilhar novamente nas quadras.

Paula CortiñasCarreta Huracan – Goleira novata estreando na Trifon pelo Carreta Huracán, Paula pode ser uma surpresa no gol!

Mariana FedrizziToloca –  Mari, que já amargou duas zicas na Trifon, vem para se redimir no Toloca hablando muito portuñol.

Bruna CarrijoCharmandester – Substituindo a lesionada Amandinha (fora Amandinha)  no gol do Charmandester, Bruna faz sua estréia nessa Trifon. Vamos ver o que vem por aí.

Dea AlbuquerqueBiiirllmingham – provavelmente a goleira mais alta de todas as goleiras dessa edição, Dea promete supreender pelo BIIIRLLmingham. Hora do show!

Gisele BambaceOrange is the new Blackburn – Gisele – Giselda, para os íntimos – que foi de uma final a um troféu socorror em uma edição e vem nessa Trifon para fechar o gol.

Andressa PaivaGrifineuer – Andressa que já chegou em uma final, vem para tentar novamente o feito nessa Trifon.

As famílias e os amores na Trifon

Hellen, do Topttenham, namora Emi do Grifineuer. Ju, do Carreta Huracan namora Lucas, do Lelliscaster. Mariana, do Carreta Huracan, namora Marcel, do Paraibayern. Melissa, do Topttenham namora Carol, do Paris Saint Germona. Nayara, do Toloca, namora a Lari, que será de mesária a tabeleira oficial. Gabi Bustamante, do Toptenham, namora Caique do Ikki de Phoenix Suns. Mayra do Grifineuer namora Luciana, do Paris Saint Germona. Estela, do Vancouver namora Gabriela do Biiirllmingham.

Na seara das famílias, Melissa Oliveira e Lucas Oliveira e Tóia Figueiredo e Felipe Figueiredo são os irmãos que jogarão as Copas.

Amor a distância

Uns dizem que “é só futebol”, outros sabem que futebol é muito mais que isso. Nessa edição teremos gente de fora de SP vindo para apenas para jogar a Copa Trifon, como sempre acontece. Camila Lourenço, do Paris Saint Germona, virá do RJ para mitar nas quadras da Arena Lapa!

Os clássicos

Clássico SOCORORR
Um novo clássico se formou na Trifon. Nayara Perone, do Toloca e Giovanna Abel, do Biiirlmingham, já se enfrentaram algumas vezes valendo o último lugar. Na primeira, pelo Deportivo Laparunã, o time da Giovanna venceu nos pênaltis. No segundo confronto, também nos pênaltis, o Athletic Bilbo, de Nayara, venceu o Bayern do Tigrão da Giovanna. Temos um novo clássico, amgs. E pela tradição, esse jogo deveria ter pênaltis.

Clássico Litrão
Esse clássico é disputado individualmente entre as atletas em busca do maior troféu individual possível: o Troféu Adriano de jogadora mais alcoolizada. Nessa edição temos muitas atletas do levantamento de copo que disputarão, gole a gole, esse troféu. A aposta vai para Renata Furacão, Sara Cruz e Bruna Melo. Correndo por fora as surpresas podem ser a Lívia, do Grifineuer, que já até quis saber se tem caipirinha por lá e também a Thai, do Deportivo ForaCuña. Vamos aguardar!

Premier League na Trifon
Nessa edição temos quatro times que homenageiam times ingleses. Charmandester United enfrenta Biiirlmingham e Orange is the New Blackburn. No outro grupo ainda tem o Topttenham, para completar a lista. Serão vários jogaços nesse tempo, fiquem atentos para acompanhar.

Os times aposta da Trifon
Grifineuer x Paris Saint Germona, se jogarem no mata-mata, podem fazer a partida mais parelha nessa edição. Ambos estão muito fortes e a promessa é de um baita jogo!

As craques

Melissa Oliveira, Renata Furacão e Luiza Queiroz prometem dar trabalho para as zagueiras jogando pelo Topttenham. Ruth Bessa e Bruna Oliveira podem ser as laterais mais rápidas dessa Copa, pelo Deportivo ForaCuña. Camila Justo pode fechar a zaga do Vancouver Thundercats. Além de Carla Matos no gol, Ana Ligia Correia, uma das maiores goleadoras da Trifon, pode fazer um caminhão de gols nessa Trifon também, pelo Paris Saint Germona. Pelo Carreta Huracan, Fernanda Tiozo e Anna Azevedo podem fazer a diferença. Aline Jorge e Meiriele Santiago podem fazer muitos gols pelo Toloca. Tóia Figueiredo e Elaine Gazignato vão dar trabalho para as adversárias jogando pelo Charmandester. Vanessa Vesterlon é a promessa do Biiirlmingham. Thais Ciavarro e Bruna Melo podem fazer muitos gols pelo Orange is the new Blackburn. Pelo Grifineuer, Maria Guimarães com a bola parada e Marina Bastidas, com seus chutes, podem fazer muitos gols também.

As cornetáveis

Paula Godoy com seus dibre de cerveja, Natália Brito, Nati Lou e Nayara Perone o trio socororr, Estela Ramos e Gabi Tupinelli, melhor casal cornetável, Carol Perla e o pênalti, Mayra Siqueira (fora Mayra) não precisa explicar, apenas cornete. E Tamiris Cunha, Ju Tersi e Giovanna Abel, o trio Dani Alves. Aqueça a garganta e puxe o coro de “OoOOO FORA _ _ _ _ _” (complete com os nomes).

Curiosidades gerais

  • Nessa edição da Copa Lily Parr abrimos 100 vagas e tivemos nada menos que 190 inscrições. Entrar na Trifon já está na taxa vestibular de dificuldade de entrar
  • Temos muitas jogadoras altas, mas destaque para Hellen do Topttenham e Dea Albuquerque do Biirlmingham, as novatas com 1,80 ou mais. Dentre as altas também temos Melissa e Marcinha, além de Ana Beatriz, do Blackburn, quase sempre vencedoras do troféu de melhores altas.
  • Já entre as baixinhas, temos Ju Granjeia, disputando com afinco o troféu Valbuena
  • Nessa edição temos novas recordistas de Troféu Socororr. Mariana Fedrizzi, Amandinha (tá lesionada, mas é capitã. Então citamos mesmo assim.) e Nati Lou entraram para o glorioso hall Socorror.
  • Thais Ciavarro, que foi árbitra na edição passada, largou tudo e virá para jogar nessa
  • Gisele Bambace foi para uma final e para um troféu socorror em duas edições consecutivas. Na final, não foi campeão. No troféu Socororr, não perdeu. Gisele segue apenas no vice.
  • Temos várias jogadoras bi-campeãs da Copa jogando
  • Drinds, a goleira, vem de uma família toda de goleiros
  • Tams, capitã do Vancouver, nunca passou da fase de grupos
  • Maria Guimarães já chegou a fazer o gol do título de seu time e amargou uma lesão na última que disputou. Volta em grande estilo para essa Trifon.
  • Várias jogadoras se cadastraram apenas porque souberam que as meninas jogavam tomando cerveja. Atitude corretíssima.
  • Temos jogadoras que já quase jogaram profissionalmente
  • E temos jogadoras que nunca jogaram futebol antes ou jogavam pouquíssimo. Farão sua estréia nessa Trifon.
  • Andressa Paiva, que prometeu se casar se fosse para a final passada, está noiva nessa edição

Os Troféus Individuais

– Troféu Adriano de jogadora mais alcoolizada
– Troféu Vampeta de jogadora mais zueira
– Troféu Marcelo de gol contra
– Troféu Podolski de jogadora mais carisma
– Troféu Marta de artilheira
– Troféu Túlio de gol mais humilhante
– Troféu Valdívia de mais lesionada
– Troféu Pirlo de melhor gol de bola parada
– Troféu Laudrup de melhor dupla
– Troféu Jô de jogadora baladeira
– Troféu Bebeto de comemoração mais marcante
– Troféu Ronaldinho Gaúcho de jogadora mais firuleira nos dibres
– Troféu Kleberson de melhor reserva
– Troféu Balotelli de jogadora mais marrenta
– Troféu Maradona de gol mais bonito
– Troféu Valbuena de melhor baixinha
– Troféu Peter Crouch de melhor alta
– Troféu Bááááábara de melhor goleira
– Troféu Robben de melhor queda em campo
– Troféu Gamarra de melhor zagueira
– Troféu Suarez de jogadora mais indisciplinada
– Troféu Dani Alves de jogadora mais hipster
– Troféu Van Persie de gols de cabeça
– Troféu Formiga de mais raçuda