Aquele Guia de Curiosidades que tem em todas as edições do KC mas que vocês fazem questão de ler, sabe? Comemorem, pois tá no ar!


[PAUSA NA ZUERA]
É sempre bom lembrar que a Copa Trifon Ivanov é um torneio amador de caráter amistoso. Feito de amigos, para amigos. A Trifon é um campeonato mais sobre pessoas do que sobre futebol. Vamos lá nos divertir, brincar e brindar.

Deve ser um dia cheio de emoções, sim. Mas todas positivas. Por isso pedimos para que vocês deixem de lado questões pessoais e truculências em quadra, para que nada possa intervir no bom andamento da competição. É um dia que deve ser tratado como se fosse o dia do seu aniversário, portanto não seria legal estragar esse dia, não é mesmo?

Então vamos manter a paz, a amizade e curtir essa grande festa que é a Copa Trifon Ivanov!
[VOLTA DA ZUERA]


 

Jogadoras sendo abduzidas por naves espaciais na quadra

Jogadoras sendo abduzidas por naves espaciais na quadra

Quem vai jogar novamente ao lado das amiguinhas

Giovanna já jogou com Nati Lou e Lívia Figueiredo pelo Liverpoá. Babi Carneiro e Bruna Didario já jogaram pelo Embulogna. Nati Brito jogou com Amanda Roldan pelo Parithinaikos. Fer Magliocco e Gabriela Joy já foram finalistas pelo Mauázembe. Luciana e Tams, jogaram pelo Parintinzan e agora jogarão pelo Athletic Bilbo. Ana Beatriz e Natália Kiminami já jogaram juntas pelo Embulogna e pelo Once Poços de Caldas. Carolina Perla e Melissa Oliveira já fizeram dupla de ataque pelo também finalista Barra Júniors. Adriana Marotti já jogou com Ju Tersi pelo Real Metrô.

As goleiras

Amanda Roldan – ganhadora de aproximadamente 465 troféus de melhor baixinha, Amandinha, a Nanogoleira, está feliz e motivada: certamente não vai tomar gol de falta porque a Maria Guimarães não poderá jogar nessa edição.

Damaris Dias – Damaris Dias chega muito bem cotada na Trifon, sob fortes boatos de que ela é melhor que o próprio goleiro Neuer, da Alemanha, que nessa edição será jogador reserva do torneio Kátia Cilene.

Bruna Maia – Multitarefa, a goleira Bruna Maia que joga na linha, no gol, é gandula e as vezes faz freela como técnica da seleção brasileira de futebol (no lugar do Dunga), promete ser uma grata surpresa debaixo das traves.

Gabriela Joy – Joy, finalista de várias Trifons – e fotógrafa muito fera em uma delas – vem para essa edição tirar a zica do vice e tentar ganhar o título finalmente. A TRIFA deseja muita sorte, Joy!

Carla Matos – OLHA ELAAAAAAA. Ela defendeu de mão trocada. De canela. No contrapé. A goleira Carla só não fez chover na última Trifon e saiu com nada menos que a medalha de campeã.

Mariana Fedrizzi – Depois de muito treinar nos jogos da várzea com as meninas, Mariana vem para essa Trifon 100% para mitar no gol!

Adriana Marotti – Dri, a goleira que mais jogou Trifons depois da Amandinha, vem para essa edição fechar o gol do Pokêmonaco e roubar o Pikachu junto com a Equipe Rocket.

Andressa Paiva – Ela já jogou com uma camisa que era basicamente uma cerveja na última edição. Nesse V Troféu Kátia Cilene, a goleira Andressa promete fazer nevar nas quadras sendo nada menos que o Olaf no gol.

Gisele Bambace – “Giselda maravilhosaaaaa” era o que a torcida gritava na final do último campeonato. Gisele dividiu o troféu de melhor goleira da competição na edição passada. Defendeu tão bem que podia claramente ocupar cargo no Ministério da DEFESA e vem pra essa Trifa repetir seus feitos.

PriWi – Pri já jogou na linha, já fez dancinha com uma máscara de pomba. Já pegou no gol usando um tutu e defendeu o pênalti que deu o terceiro lugar para seu time. Nessa edição, a goleira PriWi será capitã. A TRIFA deseja toda sorte nessa nova fase!

As famílias e os amores na Trifon

Ju Tersi do Pokemonaco namora o menino Lucas Oliveira, do Mimimilan. Que, por sua vez, é irmão de Melissa Oliveira, do Star Warsenal. Bianca, do Athletic Bilbo namora Fernanda Caritá, do Estudiantes de La Ocupación. Andressa Paiva, do Frozenborg, namora Talita, do Star Warsenal. Mariana Fonseca, do Frozenborg, namora Marcel do Hannover 99%. Estela Ramos, do Athletic Bilbo, namora Gabriela Tupinelli, do Bayern do Tigrão. Mayra e Luciana, do Frozenborg e Athletic Bilbo, respectivamente, se conheceram na primeira Trifon e hoje namoram. Que bonitinho.

Esse KC tem mais amores que parentes, é a edição do amor =).

Os Clássicos

ABCelta de Vigo x Séltic: das coincidências da Trifon, nessa edição teremos dois times com ~celtas~ no nome. Ambos times estão bem fortes, são sérios candidatos a título (A TRIFA tá de olho) e esse jogaço tem tudo para ser incrível ao som de gaitas de fole.

Athletic Bilbo x ABCelta x Sevilla: a fase de grupos promete uma bela homenagem para o campeonato espanhol. São 3 de 10 times que homenageiam times espanhóis e 3 jogos que prometem muita emoção!

St Paulínia x Bayern do Tigrão: se na Alemanha esses times estão separados por níveis absurdos de diferença técnica, na Trifon os times que os homenageiam virão de igual pra igual disputar esse clássico!

Star Warsenal x Pokémonaco: como seria se Luke Skywalker entrasse numa arena Pokémon contra Ash Ketchum??? Nunca saberemos, porque isso não vai rolar na Trifon. Mas se esses times que homenageiam gigantes da cultura pop se encontrarem no mata-mata, será certeza de muitos gols. São os ataques mais fortes dessa edição!

Nayara x Mayra: o clássico FORA NAYARA x CHORA MAYRA taí pra gente cornetar, né pessoal? Você, que vai na Trifon só pra ver o péssimo futebol, sinta-se a vontade para liberar a corneta e gritar  “FOOORA” se os times das duas capitãs se encontrarem no mata-mata e apreciar o clássico que ocorre desde a primeira edição do Troféu KC!

Troféu Adriano
O troféu mais cobiçado pelas jogadoras em todas as edições, não terá suas principais concorrentes esse ano. Porém, teremos competidoras a altura da importância desse troféu individual. A TRIFA tem algumas apostas que são as jogadoras Sara Cruz, Bruna Melo e Renata Furacão. Porém, todavia, entretanto, consideramos que podemos ter gratas surpresas para disputar esse troféu. E vocês, em quem apostam?

Amor a distância

Uns dizem que “é só futebol”, outros sabem que futebol é muito mais que isso. Nessa edição teremos gente de fora de SP vindo para apenas para jogar a Copa Trifon, como sempre acontece. Camila Lourenço, do St Paulínia, virá do RJ para mitar nas quadras da Arena Lapa!

As craques

Tóia Figueiredo e Camila Justo podem incendiar o ataque do ABCelta de Vigo. No Athletic Bilbo, Gisele Bambace é a muralha no gol ao lado de Bianca Faraj e Silvana Salles, que farão a diferença na correria e nos gols do time. Meire Santiago e Nati Lou podem ser a ótima dupla do ataque do Bayern do Tigrão. Fernanda Caritá e Duda são os destaques do Estudiantes de La Ocupación. Vanessa Vesterlon e Renata Damásio, do Frozenborg, certamente sairão com algum troféu individual de artilharia. Ruth Gaspereto, Ana Guimarães e Marina Bastidas são o meio campo incrível do Pokemonaco. Renata Leuzzi é a promessa de gols do Séltic, que conta com a dupla de zaga de Ana Flávia e Dani em sua sólida defesa. Carolina Leyser e Márcia Paulino farão o ataque que vai golear adversárias do Sevilla Maria. Elaine Gazignato, Carol Perla, Melissa Oliveira e Camila Barotti são o “quadrado mágico” do Star Warsenal no ataque. Carla Matos com suas ótimas defesas e a dupla Karina Cândido e Camila Lourenço são as promessas de gols do St Paulínia.

As cornetáveis

Amandinha não tomará gol de falta da Maria nessa edição. Mas isso não impede a gente de cornetar se ela tomar outros gols de falta. Nayara Perone, do Athletic Bilbo, carrega o fardo de ouvir as incontáveis cornetas contra suas zagueiradas em quadra. Fora Nayara! (e leve o Tiago Leifert com você!)
Mayra Siqueira também não escapará do “carinho da torcida” nessa edição. Ju Tersi “uh sharapova” promete ótimas fotos no instagram e um futebol duvidoso, onde toda corneta será pouca. Fernanda Magliocco pode ter ido para quase todas as finais, mas não deixaremos de cantar “ooOOo fora Malhocca”

Curiosidades gerais

  • Temos uma taxa de 30% de novatas em cada time. Esperamos que as veteranas ensinem o verdadeiro espírito Trifon para as jogadoras!
  • Renata Damásio foi a primeira inscrita nessa edição
  • Marininha nunca ganhou um troféu individual. Teremos um pra ela nessa edição? SERÁ?
  • Temos zagueiras de 1,49
  • E atacantes com 1,82
  • Natália Brito ficou em último lugar por 3 edições. Na última, ao jogar com Fer Magliocco, que foi finalista por 3 edições, deu a lógica: uniram os poderes e ficaram em terceiro lugar.
  • Temos uma jogadora que já jogou até no Maracanã
  • Jéssica Felgueiras jogou duas Trifons e foi campeã nas duas oportunidades
  • Kler e Renata Leuzzi disputarão gol a gol o troféu individual de gol de cabeça
  • Nessa edição tem pelo menos 4 jogadoras que jogam na várzea
  • Tem 3 jogadoras que praticam rugby
  • O time do Athletic Bilbo constatou que existe uma taxa de 2,2 gatos de estimação por jogadora do time
  • Silvana Salles já foi campeão pelo Salvadortmund e último lugar pelo Parintinzan
  • Existe uma aposta entre a goleira Andressa Paiva e sua namorada, valendo um pedido de casamento na Trifon
  • Há também jogadoras feras no handball, vôlei, ballet, corrida e até no muay thai
  • Temos pelo menos 4 jogadoras nessa edição que já venceram o troféu de melhor zagueira da competição
  • Temos também pelo menos 5 meninas que nunca jogaram futebol e começarão na Trifon
  • Existe uma porcentagem muito alta de jogadoras que pensavam que Kátia Cilene era algo homenageando a cantora do Mastruz com Leite (!?)
  • Existe um time com mais publicitárias do que jornalistas. É a Trifon quebrando o paradigma de 400 jornalistas por time.
  • Márcia Paulino já foi goleira-artilheira numa edição e marcou o gol do título na outra

As que não poderão jogar:

Kellen Vesterlon, Roberta Ramos, Julianna Granjeia, Tainá Rezende, Melina Arantes, Lis Figueiredo e Maria Guimarães, cada uma por seus motivos, não jogarão conosco nessa edição. Torcemos para que vocês estejam na próxima Trifon. Sentiremos falta de vocês na zuera e nas quadras!

Os Troféus Individuais

– Troféu Adriano de jogadora mais alcoolizada
– Troféu Vampeta de jogadora mais zueira
– Troféu Marcelo de gol contra
– Troféu Podolski de jogadora mais carisma
– Troféu Romário de artilheira
– Troféu Túlio de gol mais humilhante
– Troféu Valdívia de mais lesionada
– Troféu Pirlo de melhor gol de bola parada
– Troféu Laudrup de melhor dupla
– Troféu Jô de jogadora baladeira
– Troféu Bebeto de comemoração mais marcante
– Troféu Ronaldinho Gaúcho de jogadora mais firuleira nos dibres
– Troféu Kleberson de melhor reserva
– Troféu Balotelli de jogadora mais marrenta
– Troféu Maradona de gol mais bonito
– Troféu Valbuena de melhor baixinha
– Troféu Peter Crouch de melhor alta
– Troféu Taffareeeeeel de melhor goleira
– Troféu Robben de melhor queda em campo
– Troféu Gamarra de melhor zagueira
– Troféu Suarez de jogadora mais indisciplinada
– Troféu Dani Alves de jogadora mais hipster
– Troféu Van Persie de gols de cabeça